VAMOS FALAR DE FIBROMIALGIA?


O neurologista Dr. Leandro Teles aborda nessa edição a Fibromialgia, essa síndrome dolorosa crônica de causa desconhecida, que atinge 2% da população. Ouça dicas e informações úteis sobre essa doença que pode causar dor por todo o corpo, dificuldade para dormir, cansaço e ansiedade. Você também pode saber mais sobre a fibromialgia em https://viverzodiac.com.br/patologia#fibromialgia.

Indicações Podcastais #5 – Radiofobia Classics

Este podcast não é novo, nem desconhecido, mas é feito com tanto amor e carinho, que vale e sempre valerá a indicação.
E eu falo do Radiofobia Classics, do meu querido amigo Leo Lopes. A primeira vez que ouvi o programa tive uma surpresa incrível, um programa maravilhoso, extremamente bem editado.

Um programa igual os programas de rádio que eu ouvia na madrugada. O programa que ouvi foi literalmente uma biografia completa de uma banda que sou fã, os Ramones.

Foram 30 músicas escolhidas a dedo, intercaladas com informações excelentes sobre a banda. Que roteiro bem escrito, que pesquisas bem feitas!

Além do episódio dos Ramones, também indico o Johnny Cash e Cássia Eller

Conheça o Radiofobia Classics (e os outros podcasts do grupo Radiofobia!)
Twitter @rfobiaclassics
Facebook www.facebook.com/radiofobiaclassics/

E se você quer indicar um podcast para eu ouvir, deixe aí nos comentários! :)

Quanto tempo tem?

Outro dia fiz alguns tuítes (segue lá @guilhermeafonso) falando sobre “a duração do podcast” e fui bombardeado por pessoas que diziam “podcast só é bom se tiver mais de uma hora”.
Fiquei intrigado e me perguntando, ué, por que isso?!

A gente sabe que o podcast nunca atingiu o grande público, sempre foi uma mídia nichada, sinônimo de podcast era o Nerdcast, com seu nerdpower e só.  Não que isso seja ruim. Muito pelo contrário. O Nerdcast tem méritos infinitos. São parte importantíssima na criação da podosfera.
Porém, eles trouxeram um padrão para quem começou a fazer podcast influenciado por eles. Um papo descontraído sobre algum assunto, semanal, começo com frase dos participantes, leitura de emails, termina com uma piada e no mínimo uma hora de duração. De maneira nenhuma eu acho errado esse padrão criado. Eu só acho que está saturado. O podcast brasileiro é basicamente isso.

E, pensando principalmente em tempo, é um erro achar que um bom podcast tem que ter mais de 1 hora.

“Se não tiver no mínimo 1 hora eu nem baixo”.

Esse tipo de pensamento é comum. Ouvi muita gente me dar os mais diversos argumentos, entre eles, um me chamou muito atenção.
Um rapaz me respondeu que o episódio tem que ter esse tempo pq é o tempo que ele leva de ônibus, de casa pro trabalho. Bom, eu acho que tem um ponto aí né. E então eu devolvi de uma forma simples: Em uma hora, você consegue ouvir dois podcasts de 30 minutos. E ele não soube me responder. E por incrível que pareça, dá!

Mas aí entra um outro problema, por conta desse “padrão” criado, os novos podcasters continuam fazendo programas nesse padrão. O que afasta novos ouvintes. Ninguém vai querer, logo de cara, encarar 1 hora de programa.

Então precisamos rever isso. Primeiro que não tem regra pra fazer podcast. Então parem de propagar a ideia que podcast bom é podcast longo! E você que quer começar a produzir um podcast, não tenha medo de fazer algo com 10 minutos, 30 minutos ou 3 horas. Você que decide. O importante é fazer um tempo de acordo com seu conteúdo.

Indicações Podcastais #4 – Nexo

Como eu imaginei que ia acontecer: falhei!!²
Obvio que fazer um plano desse de postar 2 indicações por semana de podcast, pra alguém que não consegue se organizar jamais daria certo. Mas vez ou outra quando eu lembrar vou postar.

A indicação que faço hoje é de um podcast de certa forma antigo, porém que continua muito ativo. Falo do Nexo Podcast. Nexo é um “jornal digital para quem busca explicações precisas e interpretações equilibradas sobre os principais fatos do Brasil e do mundo”, no podcast eles falam sobre vários assuntos. Mas o que mais me chama a atenção é o quadro Politiquês, um quadro do podcast para falar sobre politica. Apresentado por Conrado Corsalette, os episódios tem em média 30 minutos e muito bem produzidos.

Ouvi alguns episódios do Politiques e os que eu mais gostei foram os episódios com entrevista com os pré-candidatos: Ciro Gomes e Manuela d’Ávila, entrevistas francas e boas. Sempre acompanhadas de boas trilhas sonoras.

Conheça o Nexo Jornal e ouça o Politiquês
Twitter @nexojornal
Facebook www.facebook.com/nexojornal

E se você quer indicar um podcast para eu ouvir, deixe aí nos comentários! :)

Dia Internacional da Mulher – #OPodcastÉDelas2018

Hoje, dia 8 de março, é o Dia Internacional da Mulher, um dia de luta, de conscientização e principalmente respeito às mulheres.
Mas também é dia que devemos homenagear mulheres fodas. Por isso, escolhi alguns podcasts feito por mulheres, que merecem ser ouvidos sempre!

Anna Sale, do podcast Death, Sex and Money

Ponto G

“Somos um programa feito por mulheres, para todos os gêneros; um podcast sobre mulheres que marcaram a história.”
Um podcast que fala sobre mulheres na história, sempre de uma forma muito didática e divertida!
Ouça e assine: http://www.mundofreak.com.br/categoria/podcast/ponto-g/

As Mathildas
“Podcast para falar sobre a perspectiva da mulher no audiovisual. Apresentado por Iole Melo e Grecia Baffa.”
As Mathildas falam da perspectiva da mulher sobre o audiovisual de maneira objetiva, divertida, além de trazer entrevistas com mulheres sobre os mais diversos assuntos!
Ouça e assine: https://cinemacao.com/category/podcast/as-mathildas/

NBA das Mina
“Um podcast feito por garotas, sobre o que mais gostamos: NBA”
Um podcast quinzenal que fala do mundo do basquete americano de forma apaixonada e comprometida. O programa traz debates sobre os jogos, times e vários outros assuntos.
Ouça e assine: http://www.central3.com.br/category/podcasts/nba-das-mina/

Feito por Elas
“Página para divulgar e discutir o cinema realizado por mulheres. Podcast quinzenal sobre cineastas”
Comandado por Angélica Hellish e Isabel Wittmann, valoriza e discute filmes e obras de cineastas mulheres cujos fantásticos trabalhos são tantas vezes ignorados pelo público em geral.
Ouça e assine: http://anticast.com.br/podcast/feitoporelas/

Baseado em Fatos Surreais
“Histórias de mulheres como nós compartilhadas com empatia, intimidade e leveza. Onde o assunto é a VIDA e o detalhe o SURREAL”
Um podcast de storytelling feito por mulheres. Contam histórias de outras mulheres em primeira pessoa. Histórias reais, de modo surreal
Ouça e assine: http://www.bfsurreais.com.br/

Mamilos
“As polêmicas da semana discutidas com inteligência, empatia, tolerância e bom humor”
O Mamilos – Jornalismo de peito aberto, é um podcast semanal que busca nas redes sociais os temas mais debatidos e traz para mesa um aprofundamento do assunto com empatia, respeito, bom humor e tolerância. Com Juliana Wallauer e Cris Bartis.
Ouça e assine: http://www.b9.com.br/podcasts/mamilos/


Café com a Organizer
“Café com a organizer: organização, bem estar e qualidade de vida”
Um podcast apresentado por Ana Afonso (sim, minha mãe) que fala sobre rotina e organização pessoal
Ouça e assine: http://anaafonso.com.br/podcast/

 

Esses são apenas alguns podcasts que eu conheço que são feito sobre mulher. Óbvio que existem outros que não estão nesta lista. Então aproveite e coloque nos comentários quais podcasts feito por mulheres você ouve e gosta.

Indicações Podcastais #3 – O Contador de Histórias

Como eu imaginei que ia acontecer: falhei!!
Mas só falhei em escrever o post, pq podcasts eu continuo ouvindo.

Desde que comecei a pesquisar coisas pra criar o 1986 (meu podcast de áudio-drama), eu entrei num mundo de podcasts de storytelling, áudio-drama, porém, todos em inglês. Até que um dia eu cheguei num podcast chamado “O Contador de Histórias“.

Um podcast incrível, extremamente bem editado, roteiros muito bem escritos e ótimos atores, como por exemplo o excelente Nelson Machado.
O programa tem várias histórias diferentes, algumas séries como “Dias Digitais“, uma história que fala sobre hackers e um governo distópico. É bem foda.

Mas o episódio que eu mais gostei é o “Mortes ao som de Jazz“, a história de uma investigação de um serial killer. Que episódio foda!!!

Conheça o Contador de Histórias e entre nesse mundo mágico dos áudio-dramas!
Twitter @CDHCast
Facebook www.facebook.com/podcastcontadordehistorias

E se você quer indicar um podcast para eu ouvir, deixe aí nos comentários! :)

Indicações Podcastais #2 – Música pra Viagem

Continuando nossa série das indicações de podcasts, trago hoje uma indicação que me mandaram no twitter, o Música pra Viagem.

Feito no formato padrão de conversa de bar, o Música pra Viagem junta 5 pessoas que trabalham com música e gostam de música.

Apesar de ter leitura de emails no início do episódio (coisa que eu não gosto – não condeno, só não gosto), o programa é muito bem editado e pela qualidade do papo, desde o começo você percebe que os participantes realmente entendem de música.

Ouvi  2 episódios, o EP#4 – As bandas de um tema só e o Ep #9 – A contribuição negra na música popular.

O EP #4 é bem interessante, a conversa gira em torno de bandas que criam músicas monotemáticas. Um dos participantes do podcast é produtor musical e traz um conhecimento dos ‘bastidores’ da música. Isso dá uma visão bem diferente do que estamos acostumados.

Já o EP #9, que fala sobre a influencia da cultura negra na MPB, é um trabalho incrivelmente fantástico! Um trabalho de pesquisa muito bem feito e um papo extremamente descontraído, que além de me informar me divertiu.

Algo que eu achei muito legal, é a descrição do post que você encontra a lista de todas as músicas usadas na trilha do podcast.

Conheça o site Música pra Viagem que além do podcast, também tem muito conteúdo musical e assine no seu agregador o Música pra viagem.
Instagram @musicapraviagem
Twitter @podcastMPV

E se você quer indicar um podcast para eu ouvir, deixe aí nos comentários! :)

Indicações Podcastais #1 – QuestCast

No primeiro dia deste novo ano eu tive a ideia de um projeto, que chamaria “Um podcast por dia“.

A ideia era ouvir um episódio de um podcast e escrever um pouco sobre ele. Pontos fortes e fracos e tal. Cada dia um podcast diferente. Famoso ou não. Com o intuito de divulgar cada vez mais essa mídia.
Porém, como me falaram no twitter, a chance de eu falhar ou não estar com saco de ouvir um podcast e escrever sobre todos os dias é bem grande. Afinal, não ia ser sempre que eu ia conseguir ouvir o episódio com total atenção e fazer a resenha.

Então mudei um pouco a ideia e vou fazer duas vezes por semana. Toda segunda e quarta.
Assim terei mais tempo para ouvir o episódio e quem sabe até ouvir mais de um episódio do podcast e ter uma opinião melhor fundamentada.

Não que eu vá fazer grandes análises sobre o podcast ou o episódio. O que eu quero é aguçar a curiosidade de você que está lendo esse texto.

Então vamos lá!


O primeiro podcast dessa série é o QuestCast, que pode ser ouvido em http://questcast.com.br/

Um podcast de gameplay de RPG, aventuras sonorizadas e bem desenvolvidas!
Eles já tem uma aventura finalizada, chamada “A revolução do povo“, uma história medieval e com todos os “clichês” de um bom RPG.
E o episódio que ouvi e deixo indicado aqui é o primeiro da nova aventura, “A Missão – Verden“.

Os jogadores são bem engraçados e a aventura corre de forma bem descontraída. Um ponto negativo (que não interfere mas, pra mim, incomoda um pouco) é a qualidade do áudio de alguns participantes, que vez ou outra fica meio difícil de ouvir. Mas nada que atrapalhe a experiência.

Conheça o QuestCast e acompanhe essa nova aventura!
Facebook/castquest
Instagram @quest_cast
Twitter @questcastbr

E se você quer indicar um podcast para eu ouvir, deixe aí nos comentários! :)